Novidades


Palestra com advogado esclarece dúvidas sobre a reforma trabalhista e convenção coletiva a Associados

Fonte: Pauta Pronta Conteúdo

 

A Associação dos Lojistas do Rondon Plaza Shopping (Alorps) promoveu uma palestra para seus associados relacionada, às mudanças na Lei Trabalhista e a convenção coletiva de seus colaboradores, o advogado da Associação, Sájunior Maranhão foi o responsável em sanar as dúvidas dos lojistas sobre os assuntos em pauta.

O presidente da Alorps, Sebastião Correia destacou a importância de se informar os associados, além de tirar algumas dúvidas que por ventura venham a preocupar o lojista. “Essa palestra com nosso advogado serve para atualizar os associados sobre a questão da nossa convenção coletiva e também da legislação trabalhista que sofreu algumas mudanças”, disse o presidente.

A lojista Marta Mallmann presente na reunião buscou se informar sobre a nova convenção coletiva. “A minha preocupação é que meu colaborador esteja sempre bem informado e que eu enquanto empregadora venha a prejudicá-lo por estar desinformada. Então achei muito válida esta reunião, pois sempre neste tipo de questão ficam pontos duvidosos, mas acredito que todos os pontos tenham sido sanados”, comentou a empresária.

Segundo SáJunior, a antiga convenção coletiva já havia expirado e uma nova discussão foi conduzida pela Associação junto ao sindicato patronal. “A convenção coletiva dos trabalhadores se extinguiu no dia 31 de dezembro do ano passado, a partir daí nós começamos a conversar com o sindicato do comércio para repassar as reinvindicações da Associação para serem inclusas dentro da convecção coletiva de trabalho, então se extingui o acordo e hoje nós temos a convenção coletiva, que vale tanto para os lojistas do shopping com para os comerciantes da região de Rondonópolis”, explicou.

Outra dúvida sanada pelo advogado foi em relação à homologação sindical no momento da rescisão contratual. “Houve um consenso entre os sindicatos laboral e patronal, e se chegou a uma cláusula intermediária, onde o funcionário tem até três dias uteis após o aviso prévio para comunicar se deseja que a homologação seja feita no sindicato, após esse prazo o empregador pode realiza-la na própria empresa” destacou o advogado, que lembra ainda que este termo é só válido para colaboradores com mais de um ano de carteira assinada.

Em caso de outras duvidas ou orientações sobre o assunto contatar pelo telefone 3422 4000.




Redes Sociais